domingo, 18 de junho de 2017

Sobre idas e vindas... Sobre partidas e chegadas... 18/06/2017


Hoje fui acompanhar as fotos de um velho novo amigo e agora também peregrino do Caminho de Santiago. Acompanhei sua preparação e também seus medos. Dei algumas dicas e conselhos, mas muitas vezes falei: "Vai lá e vive... Vai dar tudo certo... Não te preocupa...". Certamente sabia da dificuldade dele entender isso em sua primeira vez nesta jornada. Mas que graça teria se o Caminho fosse um roteiro com tudo planejado com antecipação... Sei que esse amigo pode muitas vezes não ter gostado das respostas. Mas acho que agora, vivendo o momento dele, vai entender... Na volta saberei o que achou.

Vendo as fotos, vi nele certa tristeza pois, alguns amigos que ele fez no Caminho, teriam que partir antecipadamente, teriam de encerrar seu caminho, encerrar seu ciclo. E esse meu amigo peregrino iria continuar só, trilhando seus próprios caminhos novamente, fazendo suas escolhas...

Esse é um dos dilemas da vida que o Caminho de Santiago explicita de forma muito simples e direta.

Como lidar com a partida do outro? É importante notar que cada um faz a sua caminhada, num ritmo, com um objetivo. No meio dessa caminhada da vida, encontros acontecem e devem ser brindados. Da mesma forma as despedidas, mesmo sem estarmos preparados para elas.

É um fato: chegadas e partidas, inevitavelmente, acontecerão... 

O que fazer? Lamentar? Ou comemorar e agradecer pelo privilégio de alguns bons momentos (nem sempre tão bons) juntos? Pela companhia nos passos e rotas compartilhados? Pelas ajudas? O importante é guardar na memória aqueles bons momentos... Foi isso que tentei fazer... Pensar, no que aquela caminhada juntos me ensinou. O que foi compartilhado além dos passos e de algumas cervejas? Quais histórias de vida nos levaram até lá?

Hospitaleiro do Albergue Bela Muxia.
Uma pessoa energizada pelo caminho...
Uma vez, conversando com um hospitaleiro (pessoa que cuida dos albergues do Caminho) falei: "Olá hospitaleiro, às vezes fico triste por alguns amigos partirem. Eu gostaria de poder trilhar juntos mais algum tempo... Como você lida com isso, já que a cada final de noite encontra pessoas interessantes, das quais gostaria de compartilhar mais do que uma simples noite, e na manhã seguinte todos vão embora e você fica?"

Ele disse entender que a felicidade das pessoas ali, naquela noite, estava em partir, e não em ficar "presas" naquele local. Se as boas pessoas ficassem paradas nos albergues pela vontade dos hospitaleiros, nunca chegariam naquele albergue em específico e ele não teria o privilégio de conhecer tanta gente bacana. Nunca se abririam novas vagas nos albergues para que outras pessoas pudessem chegar... Ele disse ainda, procurar ver nas pessoas em partida o quanto haviam se transformado desde o momento da chegada. Tentava ver como naquela noite no albergue, elas haviam se transformado, nem que minimamente.

Na vida, pessoas vão partir, pessoas vão chegar... Mesmo sendo dois eventos tão diferentes existem coisas em comum: quase nunca conseguimos planejá-los, nos causam sentimentos fortes e precisamos estar abertos para vivê-los de forma plena. Se pessoas não partirem, não teremos espaço (nem tempo) para que novas pessoas possam chegar às nossas vidas. Então, precisamos deixar partir para abrir novas possibilidades de chegadas. Nenhum destes momentos será fácil. Às vezes, os dois trarão, juntos, o medo e, outras vezes, trarão alívio e satisfação.

Parceiros pelo caminho...
Não se preocupe! Quando você fizer sentido para uma pessoa e ela também fizer para você, existirá um elo tão grande que as chegadas e partidas serão imperceptíveis... Será como se essa pessoa sempre houvesse existido em sua vida... Será difícil até dizer quando chegou.

Mais importante do que deixar partir e chegar é deixar que as pessoas vivam seus próprios caminhos. É importante entender isso. Estamos aqui para compartilhar alguns trechos nessa sinuosa caminhada, com algumas pessoas vamos compartilhar pequenos trechos, outras percursos longos e, com outras, quase toda a caminhada da vida...

Escolhas que cada um deve fazer...
Apesar de que, quanto mais caminhamos juntos, mais nos achamos no direito de interferir no caminho do outro. Importante sempre lembrar que cada um precisa viver o seu caminho, tomar suas decisões e ser plenamente responsável por elas. Cada caminho escolhido nos faz abdicar de outro, simples assim...

Não interferir não significa que não podemos e devemos nos preocupar, aconselhar, mostrar novas perspectivas sobre as decisões... Significa apenas que devemos respeitar e ficar bem com as decisões tomadas pelos outros, mesmo que não estejam de acordo com o que pensamos estar correto...

Essa foi mais uma das lições que recebi do Caminho de Santiago, e que aparece em certos momentos de nossas vidas... Certos momentos certos...

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Remadinha Tira-Pó - Laranjal até o Seu Osmar da Torotama - 11/06/2017

Consegui uns dias para ficar em Pelotas, rever amigos e família... "Indo mal intencionado", levei os equipos para remar... Conversando com o Ligero e o vovô Joel marcamos uma remadinha no domingo... Sem definir rumos, apenas o horário e local de saída: 8:30 no trapiche. No domingo, o pessoal foi se juntando na beira do espelho, ops da Lagoa...



Só gente buena: alemão Kenneth, Guilherme Nolasco Ligero, Joel Vovô RamosDiquinho Vahl (ou William ainda não sei) e eu...

Se me falarem que tenho um irmão alemón eu até acredito...
Pai foi lá dar uma olhada e me ajudar como sempre :) Parceiro da vida inteira...


Até pensamos em ir pras Areias Gordas, mas acabamos indo para a Torotama, visitar o seu Osmar... Tudo monitorados pelo SPOT da guarderia Prowind.


O seu Osmar nos recebeu com sorriso no rosto, conversamos bastante e ficamos sabendo um pouco dos problemas que o pessoal da Torotama está passando com as cheias da Lagoa... Comemos umas laranjas colhidas no pé do quintal do seu Osmar... Hora de partir... Rumo ao Laranjal novamente...
Turma se divertindo na lagoa azeitada... (Foto: Kenneth)
Final de tarde, visto de dentro da Lagoa (Foto: Kenneth)

Com essa turma é só alegria... Na chegada, o Rodrigo Selva e sua esposa estavam nos esperando logo depois da Barra, sabiam nossa posição pelo SPOT... Chegamos na beira para dar um oi e nos encontramos depois no trapiche...





Na chegada, rolou uns rolos naquela água gelada... coisa boaaaaa...


Depois de ajustar tudo, a turma estava mortinha na Prowind, só conta lorota pro Leo... 


Foram uns 45km num dia de lagoa perfeita... Valeu cada remada...

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Formação Leave No Trace Trainers



Nos dias 20 e 21 de maio de 2017 fiz a formação LNT Trainers, um curso organizado pelo Murilo Basei da Gaudério Adventure e ministrado pelo Murilo Bellesi da Kaluanã, também instrutor da NOLS e OBB. Legal destes cursos é que sempre consigo rever alguns amigos do mundo outdoor, conhecer pessoas novas, visitar belos lugares, adquirir conhecimentos importantes e ter contato com diversas marcas de equipamentos...

Pra não esquecer, aqui vão, de forma resumida, os 7 princípios do LNT:
- Plan Ahead and Prepare
- Travel and Camp on Durable Surfaces
- Dispose of Waste Properly
- Leave What You Find
- Minimize Campfire Impacts
- Respect Wildlife
- Be Considerate of Other Visitors

Bom, saí de Porto Alegre no sábado lá pelas 5:30 da manhã. Fiz uma rota pegando a BR-101 e depois indo pela RS-020, um trecho de paisagens muito bonitas. Fui o primeiro a chegar na porteira do Basecamp. Logo depois chegou o já conhecido Phill. Perto do horário combinado, o Murilo Basei desceu para abrir o portão.




A parte inicial do curso foi no Basecamp e depois saímos em caminhada para acampar e aplicar os conhecimentos. O curso foi bem dinâmico e muito divertido, muito em função de um cara muito figura chamado Ramon.


Murilo Bellesi, apresentando os conceitos de LNT.
Já na caminhada e depois no acampamento fomos colocando em prática os conhecimentos já adquiridos e também estudando os novos conceitos no próprio acampamento.

Pequena caminhada entre o Basecamp e o local onde acampamos...



Chegamos no acampamento pelas 16 horas e depois de arrumar as coisas, contínuamos nossos estudos. Durante a noite a chuva caiu forte. No domingo, seguimos aprendendo, quando pouco depois do meio dia, voltamos para o Basecamp para finalizar nossa formação.








Eu e o amigo Kenneth. Segundo curso que fazemos juntos...
Murilo trabalhou forte pra trazer esse curso de qualidade aqui pro RS. Valeu!






O final de tarde foi de contemplação e reflexão sobre nossas atitudes e os reflexos no meio ambiente. Assim, o curso foi finalizado com chave de ouro...


Da esquerda para direita.
De pé: Murilo Basei, Phill, Marcelo, Manuel, Murilo Bellesi
Agachados: Pablo, Kenneth, Ramon.
Baita turma, valeu muito o curso. Agora somos todos Leave No Trace Trainers. Com os novos conhecimentos também aumentaram as responsabilidades. Ao final, me despedi do pessoal e dei carona para o Murilo até perto de Gravataí. Muito bom escutar um pouco da história de vida das pessoas... 

Bom, agora temos que ser os exemplos e também transferir todo esse conhecimento para novas pessoas, para que essa onda de positividade vá se expalhando sempre mais e mais. É necessário passarmos a ideia de que cuidar da natureza nada mais é do que cuidar de nós mesmos, pois somos muito afetados por todas essas mudanças climáticas que estão acontecendo. Temos também que perceber que todas as espécies tem o mesmo valor e que não somos superiores a nenhuma outra espécie. Dessa forma fica bem fácil respeitar a natureza e viver sem deixar rastros.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Como instalar gratuitamente novos mapas no seu Garmin Etrex?

Comprei um eTrex30 e comecei a pesquisar como instalar novos mapas no meu GPS. Seguem algumas dicas:

Entrar no site da Garmin e registrar seu novo equipamento

Entrar no site da Garmin Conect e se cadastrar

Instalando o aplicativo Garmin Express
- Entrar no site http://software.garmin.com/pt-BR/express.html.
- Clicar no botão DOWNLOAD PARA WINDOWS.
- Executar o arquivo instalador baixado.



Instalando o aplicativo Garmin BaseCamp
Aproveite ao máximo suas atividades externas ou simplifique suas viagens. Nosso software BaseCamp gratuito permite a você planejar atividades externas, organizar seus dados e compartilhar suas aventuras com outras pessoas.

Versão usada: 4.6.2
Data de atualização da versão: February 12, 2016 

Sistema operacional: Windows

- Entrar no site http://www.garmin.com/pt-BR/shop/downloads/basecamp
- Clicar no botão BAIXE AGORA.
- Clicar no botão DOWNLOAD.
- Executar o arquivo instalador baixado.


Instalando o aplicativo Garmin MapSource (descontinuado pela Garmin)

- Entrar no site http://www8.garmin.com/support/download_details.jsp?id=209
- Clicar no botão DOWNLOAD
- Descompactar o arquivo baixado.
- Executar primeiramente o arquivo MSMain.
- Depois executar o arquivo Setup normalmente.

Versão usada: 6.16.3
Data de atualização da versão: October 25, 2010 
Sistema operacional: Windows


Baixando os mapas do projeto OpenStreetMap
- O OpenStreetMap é um mapa do mundo colaborativo, criado por pessoas como você e de uso livre sob uma licença aberta.
- Entrar no site http://garmin.openstreetmap.nl/
- No item Choose your map type escolher a opção Generic Routable (new style)
- No item Choose a predefined country escolher a opção Escolher  e baixar o mapa do Brasil.
- No item Request your map or download it directly clicar no link Download map now!
- Fazer o download do arquivo osm_generic_new_windows.exe
- Executar o arquivo instalador baixado.

Baixando os mapas do projeto Tracksource
- O Tracksource é um projeto colaborativo e voluntário que tem por objetivo criar e distribuir gratuitamente mapas do Brasil para uso em GPS Garmin e compatíveis, Smartphones, Tablets e Computadores com navegador 7Ways ou Navitel.
- Entrar no site http://www.tracksource.org.br/
- Clicar em Downloads de mapas.
- Baixa a versão para PC do TS-Brasil - Tracksource Brasil - Mapa completo do Brasil para uso em GPS Garmin ou compatíveis para instalação em computador PC e posterior transferência ao GPS usando o software Basecamp/Mapsource da Garmin.
- Executar o arquivo instalador baixado.

Baixando os mapas do projeto MoGeo
- Este site oferece mapas topográficos gratuitos de todo o Brasil para GPS Garmin.
- Entrar no site http://www.mogeo.com.br/mapas/
- Baixar a versão MoGeo Topo BR 20 metros - MoGeo Topo BR Sul - Instalador para uso no Garmin Mapsource para Windows.
- Baixar a versão MoGeo Topo BR 5 metros - MoGeo Topo 5m Rio Grande do Sul - Instalador para uso no Garmin Mapsource para Windows.
- Executar os arquivos instaladores baixados.
- Estes são mapas transparentes que podem ser usados sobrepostos.
- Na minha opinião, vale a pena usar o mapa de 20 metros, que é mais "leve"...

Instalando um novo mapa no seu Garmin eTrex30
- Ligue seu GPS Garmin eTrex30.
- Conecte o seu GPS, via USB, no seu computador.
- Entre no aplicativo MapSource.
- Escolha um mapa na combo.
- Clique em qualquer parte do mapa para que ele fique selecionado na aba Mapas.
- Clique no menu Transferência, no item Enviar para o dispositivo.
- Deixe a opção Mapa selecionado.
- Clique no botão Enviar.
- Ao final deste processo, o mapa já estara no seu dispositivo.
- Repetir a operação para instalar outros mapas.

Ativando um mapa e o mapa topográfico juntos
- No GPS, entre no item MAPA
- Clique no botão MENU
- Selecione o item CONFIGURAR MAPA
- Selecione o item INFO MAPA
- Ative 2 mapas, sendo um deles o mapa topográfico

Links
- Manual do eTrex no formato PDF em Português
- Manual do eTrex30 no formato PDF em Inglês
https://www.navigation-professionell.de/en/garmin-etrex-20-x-30-x-settings/

domingo, 14 de maio de 2017

Curso de Orientação em Montanha (13/05/2017)

Fui fazer o curso de Orientação em Montanha, organizado pela Garra Aventura - Escola de Montanhismo. Esse curso teve com local base o Refúgio da Montanha, um outro projeto do Daniel e da Maria, lá em Rio dos Cedros, SC. O instrutor foi o Geógrafo Reginaldo de Carvalho.

Saímos de POA sexta 12:10. Fomos chegar no Refúgio das Núvens pelas 23:00. Foi uma viagem longe com alguns trechos de lentidão e uma parada em Timbó para jantar... Chegamos, conhecemos o pessoal que já estava por lá, a maioria montanhistas, e depois de um pouco de conversa já fomos agilizar as tralhas para dormir.

No sábado, o dia começou cedo, com o pessoal levantando e indo preparar o café. Juntei meu saco de dormir e as tralhas na mochila. O curso começou pelas 9:00 e depois de algumas instruções teóricas fomos caminhar e por em prática o uso do GPS e também os três conceitos principais necessário no uso da bússola:
- Encontrar um azimute dado um determinado local
- Encontrar um local tendo um azimute
- Fazer triangulação para encontrar o local atual.

O trecho que caminhamos para exercitar foi marcado no GPS eTrex30x. Seguem algumas fotos do dia maravilhoso neste local abençoado. Muita energia legal lá.